Jair Bolsonaro faz crítica à paralisação de jogos pela CBF

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Jair Bolsonaro criticou a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por suspender por tempo indeterminado as competições nacionais. O presidente pontuou que percebe “interesse econômico” em torno da repercussão da pandemia de coronavírus e mostra atenção quanto às finanças.

Durante entrevista à CNN Brasil no domingo, 15, Bolsonaro disse: “Em especial, temos que tomar providências no tocante à economia. Certas medidas tomadas por governadores, eles têm essa autoridade, mas nós temos que ver como essas medidas podem afetar a nossa economia, que em grande parte vem do povão”.

Ele ainda ressaltou. “Quando você proíbe uma partida de futebol, entre outros, você parte para um histerismo”. O chefe do Executivo sugeriu: “A CBF vai se reunir amanhã (segunda-feira), poderiam vender um percentual de ingressos pelo menos. Levando-se em conta a quantidade de pessoas que comportam nas arquibancadas e não partir para proibir isso ou aquilo. No meu entender, não vai conter a expansão dessa forma muito rígida”, finalizou.

Mais notícias