Alerta para Lula: pela 1ª vez, aprovação do presidente empata com desaprovação; violência é a maior fonte de insatisfação

Pesquisa da AtlasIntel divulgada nesta terça-feira, 21, ligou a sirene de alerta no Palácio da Planalto. O levantamento do instituto que vem se notabilizando pelo nível superior de acertos, aponta que a aprovação do presidente Lula chega ao menor patamar desde a posse em 1º de janeiro.

A pesquisa da Atlas, comandada pelo cientista político Andrei Romain, concluiu que a aprovação do petista é de 49,6%. Em contraponto, a desaprovação é de 47,3%. Uma diferença praticamente dentro da margem de erro.

Atentem que, em setembro passado, há apenas dois meses, a mesma Atlas cncluiu que o presidente Lula era bem avaliado por 52% dos entrevistados, enquanto 46% reprovavam a gestão do petista.

Detalhe que há um bom tempo não se refletia nas pesquisas: a segurança pública se consolida como principal problema enfrentado pelo Brasil, segundo os pesquisados. Nesse o desempenho ruim nessa delicada área certamente está atingindo a popularidade dos governadores, que são os responsáveis mais diretos pelas políticas públicas na área de segurança.

O segundo problema que mais merece reclamações do brasileiro é a corrupção. Comentário de Andrei Romais: Pela 1ª vez desde o início do mandato, a avaliação negativa do governo supera a avaliação positiva. Não é um movimento dramático, mas é um sinal amarelo sobre uma erosão gradual de popularidade. Pq isso acontece? Segurança pública + saúde + entregas abaixo de expectativas.

Vejam a tabela

A AtlasIntel fez pesquisas para o Focus em 2022 e foi a empresa cujos resultados mais se aproximou do resultado final da disputa pelo Governo do Ceará. Nas recentes eleições da Argentina, a Atlas foi alcançou desepenho que chamou a atenção pela aproximação com os resultados finais, tanto no primeiro quanto no segundo turno.

 

Mais notícias