No Ceará, empresas são registradas 35% mais rápido em 2023

Foto: Divulgação

O Ceará apresenta o tempo médio de três horas e 33 minutos para registro de empresas na Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec) de janeiro a outubro deste ano. O número representa a redução de 35% no tempo médio de constituição, em comparação ao mesmo período de 2022, que registrou cinco horas e 28 minutos.

De acordo com a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, o dado é positivo e reforça a importância de trabalhar no desenvolvimento de soluções tecnológicas que possibilitem mais agilidade, simplificação e segurança jurídica aos procedimentos. “A Jucec, ao longo dos últimos sete anos, vem atuando na desburocratização do processo de formalização de negócios no Ceará. Hoje, conseguimos ofertar ao cidadão procedimentos mais simplificados, ágeis, 100% digitais e com segurança jurídica, como o programa Empresa Mais Simples”.

Carolina também reforça novos projetos que prometem facilitar ainda mais o registro empresarial. “Estamos desenvolvendo novas soluções tecnológicas, junto ao projeto Redesim Conectada que envolve nove juntas comerciais e o Sebrae Nacional, a fim de evoluir ainda mais o registro e formalização de empresas no estado e continuar contribuindo com a melhoria do ambiente de negócios do estado e do país.”

O tempo médio de abertura de empresas é calculado a partir da média aritmética ponderada, considerando a data da última entrada do processo na Jucec até a sua aprovação, levando em conta apenas dias úteis. O dado não considera a constituição de Microempreendedor Individual (MEI).

Mais notícias