Fortaleza e Caucaia são os municípios com mais matrículas no programa federal Escola em Tempo Integral

Apenas as matrículas criadas ou convertidas em tempo integral a partir de 1º de janeiro de 2023 poderão ser contadas para fins de participação no programa - Foto: Joédson Alves/Agência Brasil
Apenas as matrículas criadas ou convertidas em tempo integral a partir de 1º de janeiro de 2023 poderão ser contadas para fins de participação no programa – Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

O Ceará tem 28.846 matrículas garantidas no projeto Escola em Tempo Integral do Governo Federal. O Ministério da Educação já repassou R$ 43,17 milhões para 188 municípios cearenses implementarem o estudo com carga ampliada no estado.

Até o fim de dezembro, haverá novos repasses. O total pactuado pelo programa no Ceará é de R$ 170,5 milhões. Os recursos vão garantir 8.002 matrículas na rede estadual de ensino e outras 20.844 matrículas na rede municipal.

A capital Fortaleza é a cidade com maior número de matrículas previstas no estado. São 1.682 e um valor total pactuado de R$ 9,71 milhões. Na sequência dos cinco municípios com maior número de matrículas estão Caucaia (1.608), Juazeiro do Norte (887), Sobral (719) e Maracanaú (598).

Mais notícias