Em 48 horas, Corpo de Bombeiros cortou 46 árvores em situação de perigo no Ceará

Foto: Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) cortou, em um período de 48 horas, 46 árvores em 12 cidades do Estado, incluindo Fortaleza. Além da Capital, foram registradas ocorrências em Caucaia, Maracanaú, Iguatu, Brejo Santo, Crato, Horizonte, Ipu, Jardim, Juazeiro do Norte e Pacoti.

De acordo com a Corporação, 18 das árvores estavam em vias públicas; 10 tombadas em situação de perigo; nove estavam em residências; sete em instituições públicas e duas sob verificação.

Balanço
Durante todo ano de 2023, o CBMCE atendeu a 1415 ocorrências com árvores em situação de perigo. Resultado que indica uma redução de 7,87% em relação ao mesmo período de 2022.

No sábado (10/2), a Guarnição de Salvamento 1 atendeu a uma ocorrência envolvendo uma árvore, que caiu em via pública, atingiu a fiação elétrica e interditou o acesso a uma residência. Com isso, os residentes estavam impedidos de sair de casa e o tráfego ficou interditado temporariamente. A ocorrência ocorreu na rua Pinho Pessoa, no bairro Joaquim Távora, em Fortaleza.

O CBMCE pode ser acionado pelo 193, inclusive à noite, nos finais de semana e feriados. Além disso, a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (URBFor) da Prefeitura de Fortaleza disponibiliza o serviço de poda e corte em dias úteis de modo programado.

A Guarnição de Salvamento 1, composta pelo tenente Auceny e os cabos Holanda, Xavier e Morais, atuou na ocorrência.

Mais notícias