CPMI do 8 de janeiro convoca cearense acusado de tentar explodir caminhão em dezembro de 2022

Foto: O Globo/Divulgação

A CPMI que investiga os atos golpistas do dia 8 de janeiro convocou o jornalista cearense suspeito de tentar explodir um caminhão-tanque no aeroporto de Brasília. 

Wellington Macedo, identificado por sua frequente divulgação de conteúdos extremistas nas redes sociais, era blogueiro no Ceará. Ficou foragido por todos esses primeiros seis meses de 2023 depois de ser acusado em dezembro de 2022.

Além dele, outros também foram convocados. Anderson Torres, ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança Pública do DF; Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, e Augusto Heleno, ex-ministro-chefe do GSI, foram os primeiros. 

Em seguida: Braga Netto, ex-ministro da Defesa e ex-candidato a vice-presidente; Elcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde; Fábio Augusto Vieira, ex-comandante da Polícia Militar do DF; Jorge Naime, ex-comandante de Operações Polícia Militar do DF, e Silvinei Vasques, ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Robson Cândido, delegado-geral da Polícia Civil do DF, finaliza a lista. 

CPMI do golpe autoriza acesso a processo sobre vacinação de Bolsonaro

Mais notícias