Campos Neto sobre tributária: Achei formato que saiu da Câmara melhor que o do Senado

Foto: Divulgação

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira, 5, que preferia a versão do texto da reforma tributária como saiu da Câmara dos Deputados, e não a versão que foi aprovada no Senado.

Ele ponderou que o Brasil está se beneficiando de efeitos positivos de um ciclo de reformas que foi iniciado ainda no governo de Michel Temer e avançou durante a pandemia. Ele também destacou as pequenas reformas microeconômicas, que têm efeito relevante para a atividade econômica. As declarações foram dadas em evento promovido pela Frente Parlamentar do Empreendedorismo.

Agência Estado

Mais notícias