BNB alcança R$ 38 bilhões contratados no Nordeste

Paulo Câmara, presidente bo BNB. Foto: Divulgação

O Banco do Nordeste consolidou a projeção de que o ano de 2023 terá um resultado recorde em contratações com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) ao alcançar a meta para todo o exercício, com 30 dias de antecedência.

O banco superou a marca de R$ 38 bilhões negociados na última quinta-feira (30/11). Esse montante já é 20% superior a todo o ano de 2022, quando as contratações do banco ficaram em R$ 32,2 bilhões.

De acordo com o presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, a meta foi atingida graças ao esforço concentrado de todas as superintendências estaduais e a estratégia de considerar novembro o limite simbólico para o fechamento do ano.

“Desde março, quando iniciamos o trabalho no BNB, colocamos o mês de novembro como prazo para as superintendências estaduais alcançarem o objetivo financeiro. Esse planejamento deu muito certo porque também foi acompanhado de perto pelas diretorias e agora teremos tranquilidade para utilizar o mês de dezembro para os ajustes finais já com vistas para 2024”, afirmou Paulo Câmara.

Ceará

No estado do Ceará, o BNB já soma mais de R$ 5 bilhões contratados com recursos do FNE no ano. De acordo com a superintendente estadual, Eliane Brasil, mais da metade desse montante, ou R$ 2,6 bilhões, destina-se a micro e pequenos empreendedores. A quantidade de operações de crédito alcançou 131 mil, um crescimento de 54% em relação a 2022.

Mais notícias