Auditoria do TCU diz que Bolsonaro gastou R$ 21 milhões no cartão corporativo

Jair Bolsonaro. Foto: EVARISTO SA/AFP/

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Uma auditoria sigilosa do TCU revelou que Bolsonaro (PL) gastou aproximadamente R$ 21 milhões nos cartões corporativos da Presidência da República entre janeiro de 2019 e março de 2021. De acordo com a pesquisa, o maior volume está relacionado a viagens. Logo, foram R$ 16,5 milhões em hospedagem, fornecimento de alimentação e apoio operacional.

Os auditores da Corte também constataram que, durante o período, foram gastos R$ 2,6 milhões somente na compra de alimentos para as residências oficiais do presidente e do vice Hamilton Mourão. Ainda segundo a auditoria, o relatório aponta que ministros viajaram a bordo do avião presidencial para passar feriados fora de Brasília ou assistir a jogos de futebol.

Mais notícias