AtlasIntel: metade do Brasil apoiou o golpe e maioria acha que Bolsonaro é perseguido

Por Átila Varela

Pesquisa AtlasIntel mostrou que 46,5% dos brasileiros acreditam que o ex-presidente Jair Bolsonaro planejou um golpe de Estado.

A margem de diferente para aqueles que não acreditam na tese, que chegou ao percentual de 36,8%, é mínima. Outros 16,1% responderam “não sei”

Por Região

A região que mais acredita que Bolsonaro planejou o golpe de Estado é o Nordeste, com 65,8% do total. Apenas 15,3% dizem que o ex-presidente não foi responsável pelo fato. Outros 18,8% responderam não saber.

O Sul é a região onde a maioria dos eleitores não acreditam em um golpe de Estado do militar, totalizando 51,4% – contra 48,6% dos que acreditam.

Renda familiar

Considerando a renda familiar, o estrato que ganha entre R$ 3.000 a R$ 5000, cerca de 58,7%, acreditam que o capitão não pavimentou o caminho para a tomada do poder. 31,6% responderam que Bolsonaro foi sim responsável.

Na classe mais alta, com rendimentos acima de R$ 10 mil, um fato curioso: 54,6% responderam não saber se o ex-presidente planejou o golpe. 29,8% afirmaram que sim, ele foi o mandatário. Já outros 15,6% rechaçaram a teoria que Bolsonaro planejou.

Perseguição política

Outro dado interessante da pesquisa fala das investigações judiciais contra o ex-presidente. Na opinião de 42,2%, Bolsonro está sendo perseguido injustamente. O percentual daqueles que discordam chega a 40,5%. Não sabem, 17,2%.

 

Metodologia

Mais notícias