Alta estação deve atrair 940 mil visitantes ao Ceará

Foto: Divulgação

A Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) divulgou, nesta terça-feira (5), a previsão para alta estação no estado. O período, bastante importante por atrair um grande número de visitantes para as regiões turísticas, deve receber 940 mil pessoas, favorecendo a economia, gerando emprego, renda e oportunidades.

O dado significa um crescimento de 5,8% com relação ao ano anterior. Tanto no mercado doméstico quanto internacional, a expectativa é de aumento no número de viajantes, de 5% e 14,5%, respectivamente.

Esse crescimento da quantidade de visitantes estrangeiros acima de 10% é considerado expressivo pela Setur-CE, que credita a alta pela ampliação da malha aérea internacional. Entre os destaques está o voo que liga Fortaleza-Lisboa, operado pela companhia aérea TAP. Por semana, a partir do dia 15 de dezembro, serão 10 conexões com o destino considerado porta de saída da Europa.

Já no mercado doméstico, o destaque é a oferta de 240 voos extras pela Latam, na comparação com a operação regular dos meses de outubro e novembro deste ano. Só com a ampliação da companhia aérea, a expectativa é que cerca de 494 mil passageiros sejam transportados, em mais de 3,1 mil pousos e decolagens.

“Estamos prestes a iniciar um dos períodos mais importantes do ano para o setor. Podemos dizer que o Ceará se preparou para esse momento, promovendo o destino e buscando conquistar turistas do mundo. Realizamos mais de 44 etapas de roadshows, capacitando agentes de viagem para comercializar nosso destino, e estivemos presentes em mais de 29 feiras, entre nacionais e internacionais. Todo esse trabalho foi essencial para que muitos visitantes conhecessem nosso destino e algumas companhias aéreas apostassem em nosso potencial”, avalia a secretária do Turismo do Ceará, Yrwana Albuquerque.

Ocupação hoteleira

Com a chegada de mais turistas ao Ceará, um dos setores mais beneficiados é a rede hoteleira, que acomoda os visitantes. A expectativa da Setur-CE é de que, durante o período, a média em todo o estado ultrapasse os 80%.

Vale ressaltar que, além das festas públicas, muitos desses empreendimentos que compõem a rede hoteleira do estado também irão celebrar a chegada do novo ano com comemorações privativas. “O turista vem para curtir o destino e, muitas das vezes, já busca um meio de hospedagem que ofereça programação para virada do ano. Atento a isso, nossa rede hoteleira está cada vez mais direcionada a trabalhar com base nesse diferencial”, avalia a secretária Yrwana.

Resultados econômicos

Com relação aos resultados econômicos, a Setur estima que a receita gerada com a alta estação em todo o estado será de R$ 3,3 bilhões de reais. Isso significa uma alta de 10,4%, o mesmo crescimento que deve ocorrer com a renda gerada no período, em torno de R$ 5,9 bilhões.

“O turismo é uma grande indústria com impactos econômicos muito importantes na economia do nosso estado. De cada dez empregos gerados, um é de nossa responsabilidade. E quando temos mais turistas chegando ao destino, consequentemente aumenta a demanda por profissionais, são gerados mais empregos e o impacto na economia é maior. Portanto, estamos otimistas com esse período, principalmente por essa importância que a atividade tem para todo o estado”, finaliza a secretária Yrwana.

Mais notícias