Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Serasa: 30% dos brasileiros pretendem usar restituição do IR para quitar dívidas

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Os brasileiros que têm direito à restituição do Imposto de Renda (IR) já fazem planos para utilizar o dinheiro a receber, como mostra pesquisa da Serasa.

Um total de 30% dos contribuintes querem usar o valor a receber para honrar seus compromissos em aberto e 43% revelam que costumam usar os valores recebidos “para se planejar financeiramente”.

Dos entrevistados, 21% pretendem transformar a restituição em “alguma forma de investimento”. Entre as pessoas que têm dinheiro a receber, 57% receberão um valor de até R$ 1.000

O calendário de devolução já começou na última sexta-feira, 31, mesmo dia em que se encerrou o prazo para declaração, e se estende até 30 de setembro; confira:

1º lote – 31 de maio

2º lote – 28 de junho

3º lote – 31 de julho

4º lote – 30 de agosto

5º lote – 30 de setembro

Prioridades

Segundo a Receita Federal, quem declara antes costuma receber a restituição antes, mas há um critério de prioridades:

– Pessoas acima de 80 anos

– Pessoas entre 60 e 79 anos

– Pessoas com alguma deficiência física ou mental ou doença grave

– Contribuintes cuja principal fonte de renda é o magistério

– Contribuintes que optaram por receber a restituição via Pix ou utilizaram a declaração pré-preenchida

Medo de errar

Dentre os brasileiros que tiveram de declarar IR, 44% optaram por contar com os serviços de um contador ou especialista, 14% recorrem a familiares ou conhecidos e 40% preenchem a declaração sozinhos – embora 46% dos que preencheram a documentação, confessam ter “medo de errar” (e ser punido pelo Leão) e 24% dizem ter “dificuldade de compreensão das regras e normas”. Somente 1% dos entrevistados dizem recorrer aos serviços de um advogado tributarista.

Ainda de acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados afirmaram “nunca terem deixado de fazer o IR” e mais da metade “não tiveram dificuldades para se organizar e preencher a declaração”. Entre aqueles que precisam pagar à Receita Federal, 54% colocam o pagamento no débito em conta, sendo que 43% quitarão a dívida com a União à vista.

Pelo menos 44% dos entrevistados consideram que o IR “desempenha papel significativo na distribuição de renda do país”, mas 40% “discordam do processo de declaração e arrecadação do Imposto de Renda”

Metodologia

Realizado em parceria com o Instituto Opinion Box, o levantamento ouviu 1.759 pessoas, entre os dias 07 e 17 de maio de 2024.

 

Mais notícias