Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro é covarde e o culpa por 200 mil mortes

Eleição na Câmara dos Deputados agita Brasília. Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente da Câmara dos Deputados voltou a utilizar as redes sociais, neste sábado, 9, para comentar a atuação do presidente da República Jair Bolsonaro durante a pandemia de Covid-19. Para Maia, o chefe do Executivo é covarde e tem culpa pelas mortes causadas pelo novo coranavírus. O país atingiu, na última quinta-feira, 7, a marca de 200 mil óbitos pela doença.

A crítica aconteceu após uma publicação da Veja divulgar que Bolsonaro responsabilizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pela demora na compra de vacinas para a população brasileira e pela queda na própria popularidade. De acordo com a revista, o presidente teria convocado em reunião ministerial e dito “meio brincando, meio à vera”, que a covid-19 “baqueou Pazuello e que ele não dá conta de mais nada”.

Ainda segundo a Veja, o clima para Pazuello teria melhorado “um pouco” após declarações do ministro, também na quinta, em que critica a imprensa. Poucas horas após publicar que “Bolsonaro é covarde”, Maia postou o seguinte texto: “Bolsonaro: 200 mil vidas perdidas até agora. Você tem culpa.”

 

Mais notícias