Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Rede Multiverso Educação põe os pés no Ceará, prevê aquisições e faturamento de R$ 100 mi

Por Átila Varela
atila@focus.jor.br

Recém-chegada ao Ceará, a Multiverso Educação vem um com plano ambicioso: implantar um plano de aquisição de escolas de médio porte em escolas de Fortaleza e Região Metropolitana.

Seu objetivo é implantar melhorias em infraestrutura, eficiência operacional e no contexto pedagógico, além de ampliar o portfólio com novos serviços, como cursos de esportes, inglês e ensino integral.

A expectativa da rede é, nos próximos cinco anos, atingir R$ 100 milhões em faturamento, com cerca de 15 unidades, inicialmente em Fortaleza e Região Metropolitana, e, mais adiante, no Nordeste.

“Estamos visitando escolas em Fortaleza e Região Metropolitana para chegarmos a dez unidades nos próximos três anos. Acredito, no entanto, que esse é um movimento muito maior. Por isso, estamos trabalhando para que ele seja regional no longo prazo”, afirma Fernando Pontes, CEO da Multiverso Educação.

Para viabilizar o projeto, a Multiverso Educação está investindo em um centro administrativo. Toda a operação está sendo feita, inicialmente, com o uso de recursos próprios, mas já foram iniciadas conversas com fundos de investimento para que o projeto ganhe escala.

Escola na Messejana

O Colégio Sousa Correia, no bairro Messejana, é a primeira unidade adquirida pela rede de ensino. O processo de aquisição foi concluído em setembro e segue a cartilha da Multiverso. A instituição de ensino tem 26 anos.

Fora a aquisição, que também incluiu o prédio e imóveis, a rede investirá, a partir deste semestre, R$ 3 milhões, nos próximos três anos.

Quem é a Multiverso

A Multiverso Educação nasceu com a professora Rosemary Pontes, quando fundou o Colégio Universo há 39 anos, em 1984.  O interesse em replicar o sucesso da escola para outros locais levou o filho da professora Rosemary, o administrador Fernando Pontes, a dar início à Rede Multiverso Educação.

Mais notícias