Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Proposta por tucanos, autonomia do BC sofre oposição de Serra

Senadores Tasso Jereissati e José Serra do PSDB. Foto: Agência Senado

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

Em artigo publicado hoje, 27, no jornal O Estado de S. Paulo, o senador e ex-ministro José Serra (PSDB-SP) apresentou criticas a intervenções na política monetária de metas de inflação caso seja aprovada a autonomia do BC.

No Senado o projeto de lei complementar que regulamenta a autonomia do Banco Central é de autoria do senador tucano Plínio Valério (PSDB-AM). O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) também participou da construção da versão atual do projeto ao ver aprovada uma emenda de sua autoria que inclui mais funções para o BC além de controlar a inflação.

Serra faz criticas tanto a proposta do Senado quanto a da Câmara dos Deputados, de autoria do governo de Jair Bolsonaro.

“Esse governo que se diz liberal deveria considerar os argumentos de Milton Friedman, que se opunha radicalmente à tese da independência da autoridade monetária ao perceber o perigo de se conceder a algum indivíduo a liberdade para acionar instrumentos tão poderosos como são os de intervenção monetária”, escreveu.

Mais notícias