Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Produção industrial cearense cresceu 6% em novembro

Indústria
Homem trabalhando em indústria. Foto: Freepik

Átila Varela
atila@focus.jor.br

A produção industrial cearense cresceu 6% em novembro do ano passado. É o que revela a Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), divulgada nesta quinta-feira, 14, pelo IBGE.

Na ponta ficou fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, apresentando elevação de 24,6%. Preparação de couros e fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados registrou alta de 20,2%.

Outra novidade nos dados foi a fabricação de outros produtos químicos. A atividade teve crescimento de 16%. O segmento de fabricação de têxteis também se destacou, com alta de 15,7% no período.

O Estado superou a média do Nordeste, que foi de 3% no período. Contudo, ficou atrás de Pernambuco, com crescimento de 10%. A Bahia, por sua vez, apresentou elevação de 1%.

O destaque nacional foi o Paraná, com crescimento de 14%. Já a pior retração foi observada no Mato Grosso, com queda de 18,4%. A média nacional girou em 2,8%.

Acumulado do ano
Apesar do resultado expressivo em novembro, o Ceará ainda derrapa quando se trata do acumulado do ano. De janeiro a novembro, a queda atingiu 8,2%, sendo a segunda pior do País. Em primeiro lugar está o espírito Santo, com -15,9%.

Mais notícias