Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Mandetta: surto de coronavírus no Brasil será “administrável” se repetir cenário chinês

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ministro da Saúde, Luiz Mandetta, afirmou hoje, 28, que, em sua avaliação, um surto de coronavírus no Brasil seria “perfeitamente administrável” caso o cenário fosse semelhante ao que ocorreu na China. A declaração foi feita à Folha de São Paulo.

Ao citar o cenário chinês o ministro refere-se à progressão de uma primeira fase de aumento dos casos seguida por uma fase de estabilidade.

O ministro afirma que o Brasil não enfrentará uma epidemia de grandes proporções, mas que é preciso considerar a possibilidade de “uso em massa” do sistema de saúde público.

O ministro afirma o seu “maior receio” é com o Rio Grande do Sul, estado foi o que registrou o maior número de casos e mortes de H1N1 quando o país enfrentou um surto da doença em 2009. “Se [o coronavírus] gostar mais de aglomeração do que de frio, o Rio de Janeiro passa a ser a minha maior preocupação”, acrescenta.

“É a 1ª vez que se passa por surto epidêmico em tempos de informação em tempo real”, o que daria uma impressão de “fim da humanidade“, de acordo com o ministro. Ele recorda que o Brasil teve epidemia de dengue com 700 mortos em 2019, “só que isso não causa mais a reação de pânico.”

Mais notícias