Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Maioria das Bolsas da Ásia e Pacífico fecha em baixa, com temor de recessão nos EUA

Bolsa de Valores. Foto: Pixabay

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira, 6, após dados fracos dos Estados Unidos intensificarem temores de que a agressiva postura de aperto monetário do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) possa levar a maior economia do mundo a uma recessão.

O índice acionário japonês Nikkei caiu 1,22% em Tóquio, a 27 472,63 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi recuou 1,44% em Seul, a 2.459,23 pontos, e o Taiex cedeu 0,36% em Taiwan, a 15 810,77 pontos, ao voltar de três dias de feriados.

Também no retorno de um feriado, os mercados da China continental ficaram estáveis, apesar de um indicador positivo de serviços, e o de Hong Kong subiu levemente.

Principal índice chinês de ações, o Xangai Composto terminou o pregão em 3.312,63 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto encerrou o dia em 2.138,58 pontos, com ligeira perda de 0,04%. O Hang Seng, de Hong Kong, teve modesta alta de 0,28%, a 20.331,20 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no vermelho, com baixa de 0,29% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 7.219,00 pontos.

Na quarta-feira, indicadores de empregos e de serviços dos EUA decepcionaram, reforçando preocupações de que a economia norte-americana acabe entrando em recessão na esteira da agressiva campanha de aumentos de juros que o Fed iniciou há mais um ano para combater pressões inflacionárias.

Na esteira dos dados norte-americanos, que impulsionaram apostas de que o Fed manterá juros na reunião de maio, as bolsas de Nova York fecharam sem direção única na quarta-feira.

Na sexta-feira, 7, as bolsas de Hong Kong e da Austrália não operarão devido a feriados.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Agência Estado

Mais notícias