Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Lula viaja amanhã ao Rio para posse da presidente da Petrobras e segue depois para o Ceará

Foto: Divulgação

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pretende ficar parte da semana fora de Brasília e viaja, nesta quarta-feira, 19, ao Rio de Janeiro para participar da posse da presidente da Petrobras, Magda Chambriard. Após a passagem pela capital, ele segue viagem a Estados do Nordeste, a poucos meses das eleições municipais.

No Rio de Janeiro, a presença do chefe do Executivo à posse de Chambriard está prevista para as 15h30 (de Brasília). Em seguida, às 19 horas, Lula participará da cerimônia de comemoração ao Dia Nacional do Cinema.

Depois da passagem ao Rio de Janeiro, Lula segue viagem ao Nordeste, região onde o petista detém grande popularidade. Na quinta-feira, 20, o chefe do Executivo estará em Fortaleza, no Ceará, para fazer novos lançamentos. Dentre eles, estão previstos um pacote de anúncios do Ministério da Educação e a inauguração do Residencial Cidade Jardim do Minha Casa, Minha Vida.

Por fim, na sexta-feira, 21, Lula estará no início do dia em Teresina, no Piauí, para participar do encerramento da Caravana Federativa e anúncio de cessões de terrenos da Secretaria de Patrimônio da União. No período da tarde, o petista viajará a São Luís, no Maranhão, para evento de celebração da renovação do contrato de concessão do Porto do Itaqui e anúncios do Ministério de Minas e Energia.

Após ter viajado parte de 2023 ao exterior, no início do ano, Lula prometeu focar mais em viagens nacionais, na esteira das eleições municipais em outubro. O petista, então, prometeu fazer viagens a todos os Estados até o final do ano.

Além de uma estratégia para emplacar candidatos ao pleito, o Palácio do Planalto também vê as viagens como uma oportunidade de o governo – Lula e ministros – divulgarem ações da gestão. No início do ano, com a queda na popularidade, o petista cobrou que os chefes das pastas divulguem as ações para que os programas “cheguem à ponta”.

Nas últimas semanas, contudo, o presidente deu uma pausa nas viagens por conta da tragédia provocada por enchentes no Rio Grande do Sul. Porém, após ter ido quatro vezes ao Estado para acompanhar de perto o processo de reconstrução, Lula retomou as viagens nacionais.

Mais notícias