Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Hamas ameaça executar um refém para cada bombardeio de Israel

Foto: Reprodução/Twitter
O grupo terrorista Hamas ameaçou, nesta segunda-feira, 9, matar os civis que estão sendo mantidos reféns em resposta aos bombardeios de Israel contra a Faixa de Gaza. Segundo comunicado do braço armado do grupo, será uma execução para cada bombardeio Acredita-se que haja cerca de 150 israelenses sendo mantidos reféns na Faixa de Gaza desde a incursão ao território de Israel
Abu Obeida, porta-voz das Brigadas Qassam, braço armado do Hamas disse em um áudio divulgado na noite desta segunda, 9, (início da tarde no Brasil) que a ameaça era uma resposta aos intensos ataques aéreos de Israel em áreas civis.
“Decidimos pôr fim a isto e, a partir de agora, declaramos que qualquer ataque ao nosso povo nas suas casas sem aviso prévio será lamentavelmente confrontado com a execução de um dos civis que mantemos como reféns”, disse ele.
Numa declaração em vídeo, o ministro das Relações Exteriores de Israel alertou o Hamas contra ferir qualquer um dos reféns que foram retirados de Israel e mantidos em Gaza. Eli Cohen disse que Israel está empenhado em trazer os reféns para casa “no espírito de responsabilidade mútua”.
“Exigimos que o Hamas não prejudique nenhum dos reféns, disse Cohen. “Este crime de guerra não será perdoado”, acrescentou.
Agência Estado

Mais notícias