Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Guimarães confirma que “fez as pazes” com Zé Airton: “Camilo que pediu”

Foto: Divulgação

Os deputados federais Zé Airton e José Guimarães, ambos do PT, reafirmaram sua aliança após anos de críticas e trocas de farpas.

Ambas as figuras petistas participaram de um evento na manhã de hoje, sexta-feira, 14, no Palácio da Abolição, em Fortaleza, onde também esteve presente o ministro da Educação, Camilo Santana (PT).

“Onde está o Zé Airton? Ele também está aqui? Saibam que estamos em sintonia, eu e o Zé”, disse Guimarães, líder do Governo Lula na Câmara. “Trabalhando juntos, não é mesmo, Zé?”, questionou o cearense, recebendo aplausos do público e dos aliados que estavam no palco, incluindo o governador do Ceará, Elmano de Freitas. Em resposta, Airton se aproximou de Guimarães e disparou: “Foi o Camilo que pediu, viu?”.

Em entrevista ao Focus.Jor no ano passado, Airton expressou suas críticas em relação a Guimarães: “Eu não retiro o que disse sobre o Guimarães… Reconheço seus méritos, mas discordo profundamente de suas abordagens. Ele tem um defeito: segue uma linha stalinista, priorizando apenas seus próprios interesses”, apontou.

“Como alguém que nutriu um amor pelo PT, estou profundamente decepcionado com o partido, que parece olhar somente para si mesmo, sem nenhum espírito de camaradagem real, apenas discursos vazios. Nossa política tem muitas divergências”, lamentou na época ao Focus Colloquium.

“E ele, em reuniões, fez acordos com nossos adversários sem nos consultar. Ele prometeu proteger nossos interesses antes de negociar com os outros, mas fez exatamente o contrário”, acusou.

“Ele vem dessa linha do Stalinismo, só pensa nos interesses dele”, diz Zé Airton sobre Guimarães

Zé Airton fala de Cid no PT e ataca Guimarães: “Ele só pensa nos seus interesses”

Mais notícias