Fila Estadual de Cirurgias: 60% dos procedimentos represados já foram realizados pelo Estado

Foto: Divulgação

Atualmente, cerca de 60% das cirurgias da fila congelada em janeiro deste ano, dentro do Programa Estadual de Redução de Filas, iniciado em 10 de abril, já foram realizadas. Isso é equivalente a 37.871 cirurgias eletivas realizadas na rede estadual e unidades credenciadas, considerando os procedimentos de rotina e os planos estadual e federal de redução de filas.

“É um balanço extremamente positivo. É um compromisso do governador Elmano de Freitas em reduzir a fila de cirurgias no estado, que estava represada. E, para isso, ele realizou, através da Secretaria da Saúde (Sesa), credenciamentos e convênios com outras instituições. Hoje, dos 68 mil procedimentos congelados, já foram feitos 38 mil. Portanto, estamos conversando com as pessoas, acolhendo e mostrando que o Governo do Ceará tem uma atenção especial à questão da Saúde”, pontuou o governador em exercício, Evandro Leitão.

O investimento total para a redução da fila de cirurgias é de quase R$ 170 milhões, entre recursos federais (R$ 25,9 milhões) e estaduais (R$ 142,98 milhões). E é exatamente graças a esses recursos que pessoas, como o Gabriel Jonathan, podem resolver o seu problema e continuar a trabalhar.

No entanto, o Governo do Ceará ainda enfrenta dificuldades para encontrar pessoas com cirurgias agendadas, devido à desatualização de dados. Para isso, a Sesa está com um serviço específico para que os cearenses possam atualizar seus dados junto à Secretaria.

“Estamos todos envolvidos para que, no final do ano, tenhamos redução máxima na fila de cirurgias eletivas. Essa é a expectativa [de zerar a fila congelada]. Para isso, também contamos com a população cearense, para que atualize o cadastro. Temos WhatsApp e também é possível ligar para Secretaria da Saúde”, reforçou a titular da Sesa, Tânia Mara Coelho. É possível fazer a atualização pelo 0800 280 5110 ou WhatsApp: (85) 3219 6073; (85) 3219 9366 ou (85) 3101 2610.

Mais notícias