Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Estudante cearense é premiada em Feira Científica e de Engenharia nos Estados Unidos

Foto: Divulgação

A estudante Gabrielle de Oliveira Rodrigues, da Escola de Ensino Médio Luiz Girão, localizada em Maranguape, foi premiada na Regeneron International Science and Engineering Fair (ISEF).

A Feira aconteceu no último mês de maio, em Los Angeles-CA, nos Estados Unidos, onde foi apresentado o projeto “Revestimento comestível à base de mandacaru e carnaúba: uma nova alternativa como conservante de frutos”, sob a orientação do professor da unidade de ensino, Carlos Eduardo Oyama. O projeto obteve o 2º lugar na categoria Plant Sciences no Gran Awards da ISEF.

O mesmo trabalho cearense já havia conquistado sete prêmios, entre eles o 1º lugar geral na categoria Ciências Agrárias, na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), a maior do Brasil, promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP).

Nesse mesmo evento científico, conseguiu credencial para a ISEF 2024. Para participar da Febrace, por sua vez, o credenciamento veio por conta da participação na Mostra Científica do Cariri, em 2023, com a experiência desenvolvida na Escola Luiz Girão, em que a aluna cursava a 3ª série do Ensino Médio. Naquela ocasião, a iniciativa ficou em primeiro lugar na categoria Ciências Agrárias.

Conforme Gabrielle, o interesse pelo projeto surgiu da problemática do desperdício alimentar, algo recorrente no Brasil, que afeta em especial os agricultores da região de Maranguape. “No início da pesquisa eu percebi que estudar mais a fundo esse assunto poderia ajudar a comunidade da minha escola, já que parte dos alunos e seus familiares trabalham com a agricultura”, explica.

 

Mais notícias