Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Em resposta à oposição, Sarto diz para “desmistificar ideia de que só faz obra em área nobre”

Foto: Divulgação

Por Gabriel Amora

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), na manhã de hoje, terça-feira, 10, em suas redes sociais, fez live com balanço das obras que estão em andamento e das que já foram entregues, como resposta aos ataques que sofre do Partido dos Trabalhadores, liderados pela ex-prefeita Luizianne Lins e Larissa Gaspar, e da oposição, como ocorre frequentemente com Capitão Wagner. Todos os três, inclusive, atuam como pré-candidatos para Fortaleza em 2024.

Os ataques, de Larissa, por exemplo são relacionados a taxa do lixo, ao atraso em obras hospitalares e reformas nas áreas nobres da capital. Senador Cid Gomes, do partido de Sarto, também já o criticou, enfatizando que Sarto “tem que trabalhar e parecer que está trabalhando”. “Ele tem que ser flagrado cinco horas da manhã no cruzamento da José Bastos”, ironizou o cearense.

Em transmissão ao vivo, Sarto, ao responder a população, apontou os resultados econômicos e provocou a oposição: “É importante desmistificar essa ideia de que só tem obra da Prefeitura em área nobre”. “Até mesmo porque nossas obras estão acontecendo mesmo, com maior volume, na periferia de Fortaleza”, começou.

“No bairro Presidente Kennedy, onde entregamos a primeira etapa do Parque Rachel de Queiroz, não é área nobre, mas está virando. Quem mora por ali lembra bem. Aquela área era um terreno baldio, que se tornava um ponto de acúmulo de lixo”, salientou Sarto.

“Fortaleza sozinha criou um número de vagas maior que 12 estados do País. Isso não acontece da noite pro dia, é reflexo da força de trabalho da nossa gente e também da capacidade empreendedora dos fortalezenses”, aproveitou a oportunidade da autopromoção.

Mais notícias