Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Elmano anuncia criação da Patrulha Rural da Polícia Militar do Ceará

Foto: Governo do Estado

Em mais um momento de bate-papo semanal com o povo cearense, realizado de Limoeiro do Norte, pelas redes sociais, o governador Elmano de Freitas anunciou, nesta quarta-feira (27), a criação da Patrulha Rural da Polícia Militar do Ceará. O objetivo do grupamento é atuar como Policiamento Ostensivo Geral (POG) mais próximo às comunidades rurais, tanto da região metropolitana quanto do interior do estado. O chefe do Executivo cearense pontuou que a ação é fruto do diálogo com agricultores e produtores rurais.

“É um pedido que escuto do povo da zona rural, que tenha uma atuação mais direta da Polícia Militar na zona rural, e é isso que estamos iniciando agora. Logo estaremos ampliando e isso garantirá também ao povo da zona rural sentir essa sensação de segurança que é muito importante”, destacou o governador. Elmano também agradeceu a Polícia Militar de Minas Gerais, que colaborou com a formação dos policiais, destacando a importância da colaboração e troca de experiências entre os estados.

Os policiais militares que irão assumir vaga no Patrulhamento Rural da PMCE passaram por uma atualização dos conhecimentos teóricos, práticos e legais que envolvem o patrulhamento rural, com ênfase no policiamento de proximidade. O treinamento capacitou também os participantes a desempenharem suas funções com maior segurança nas ações e trabalharem com a proximidade da comunidade.

“A Patrulha Rural é fruto de muita conversa com a Federação da Agricultura, produtores, agricultores, que já vem de um bom tempo. Sabíamos da demanda, da necessidade de reforçar esse patrulhamento, essa segurança nas zonas rurais do Ceará. E aí, ela [a Patrulha] virá sempre trabalhando os índices de furto e roubo de animais nas zonas rurais, mas não deixando esquecer de locais críticos da Região Metropolitana, regiões que têm áreas mais extensas que sabemos que tem que entrar nesse patrulhamento rural”, explicou o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Samuel Elânio.

Inicialmente, serão 25 patrulhas com ordem de implantação começando pela Região Norte, seguindo para a Região Metropolitana de Fortaleza, e por último as regiões Sul, Sertão Central e Inhamuns. De acordo com o titular da SSPDS, a ideia é que até 2024 essas patrulhas cheguem a 100, e sempre atuando em áreas apontadas pelos órgãos de inteligência da Secretaria.

Mais notícias