Com covid, Lula agradece por mensagens de apoio e diz que ele e esposa estão bem

Ex-presidente Lula (PT). Foto: Divulgação Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e sua mulher, Rosângela “Janja” da Silva, são os personagens mais recentes do mundo da política que contraíram covid-19. Além do casal, o senador Humberto Costa (PT-PE) e o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) testaram positivo nos últimos dias. A onda de infecções segue o recente aumento identificado em diversos Estados e faz lembrar o cenário do início do ano, quando diversos deputados, senadores e governadores compartilharam diagnósticos da doença.

Nesta segunda-feira, 6, o petista agradeceu às mensagens de apoio que vem recebendo e disse que ele e Janja estão bem. Lula tem 76 anos e, portanto, faz parte do grupo de risco para o coronavírus, mas está assintomático. Janja apresentou sintomas leves.

O senador Humberto Costa, que costuma estar em algumas agendas com o ex-presidente Lula, informou neste domingo, 5, que foi também diagnosticado com covid. O parlamentar, que integrou os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, recomendou “cuidado a todos”.

O ex-governador de Goiás Marconi Perillo informou, na sexta-feira, 4, estar com covid pela segunda vez. Ele já havia contraído a doença em novembro do ano passado. Na última quinta-feira, 2, poucos dias antes do diagnóstico, ele compareceu à Câmara Municipal de Goiânia e discursou na tribuna da Casa. Ele afirma ter cancelado os compromissos dos próximos dias.

Mensagens de apoio

O senador Randolfe Rodrigues (Rede), que integra a campanha do petista e foi vice-presidente da CPI da Covid, desejou melhoras ao ex-presidente. Ele afirmou que esteve com Lula nos últimos dias e que, por precaução, deve cancelar compromissos.

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB) confiou à vacina anticovid a recuperação do ex-presidente Lula e de sua mulher. “Força, Lula! O Brasil precisa de sua força para derrotar o fascismo”, escreveu.

Oposição ironiza

Governistas também se manifestaram. O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PL-PR) afirmou que a esquerda, chamada ironicamente por ele de “a turma do bem”, vai torcer contra o vírus pela primeira vez. Entre aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL), é comum a interpretação de que a oposição se valeu do coronavírus para criticar o chefe do Executivo.

O músico Roger Moreira, apoiador do presidente Bolsonaro, ironizou o fato de Lula ficar em isolamento para não disseminar a doença. “Como se ele já não estivesse isolado…”, escreveu.

Agência Estado

Mais notícias