Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Casa dos Ventos deve ampliar comercialização de créditos de carbono

Parque eólico da Casa dos Ventos. Foto: Divulgação
Parque eólico da Casa dos Ventos. Foto: Divulgação

A Casa dos Ventos tornou-se a primeira geradora da América Latina a obter a certificação “diamond” para emissão de créditos de carbono do Global Carbon Council (GCC).

O selo permite à Casa dos Ventos expandir seu portfólio de soluções sustentáveis e impulsionar a comercialização de créditos de carbono.

A Casa dos Ventos obteve a certificação após concluir a primeira etapa do Complexo Eólico Rio do Vento, no Rio Grande do Norte com capacidade instalada de 504 MWm. Somando suas duas fases, o complexo é um dos maiores do mundo, totalizando 1.038 MW. O parque é o maior projeto, em termos de geração de créditos de carbono, atestado pela GCC.

“A certificação concedida ao Rio do Vento amplia nossa oferta de soluções para apoiar nossas parceiros nas diversas fases de sua transição energética”, explica Lucas Araripe, diretor-executivo da empresa.

A certificação concedida ao Rio do Vento pelo Global Carbon Council é um processo que valida e verifica ativos e suas contribuições para a redução de emissões de gases de efeito estufa para que possam gerar créditos de carbono. O selo da GCC assegura que os projetos estão em conformidade com padrões internacionais rigorosos e contribuem para a mitigação das mudanças climáticas.

 

 

Mais notícias