Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Brasil tem recursos e projetos, mas falta demanda por energia, afirma diretor da Petrobras

Tanques da Petrobras. Foto: Geraldo Falcão/Agência Petrobras)

O diretor de Transição Energética e Sustentabilidade da Petrobras, Mauricio Tolmasquim, disse que o Brasil vive “momento histórico” com relação a oportunidades em negócios de energia, mas disse que ainda falta demanda no País. “Podemos ser ambiciosos. Temos uma quantidade enorme de projetos para entrar, um monte em renováveis, mas que não têm mercado. Isso não é uma crise, é uma baita oportunidade. Temos tudo o que outros países gostariam: recursos, projetos e investidores prontos para investir”, disse.

Segundo o executivo, o Brasil tem grande potencial associado à neo industrialização, com uma eletricidade advinda de fontes renováveis.

“Temos um potencial para capacidade instalada de eólica onshore de 700 GW, além de mais 700 GW ou 800 GW em eólica offshore”, disse ele. “Também podemos aumentar em 100 vezes a capacidade instalada de solar fotovoltaica, que já é a segunda fonte da matriz energética”, continuou.

O executivo lembrou que, hoje, toda a capacidade de geração elétrica do País gira em torno de 200 GW.

Na área de combustíveis, Tolmasquim disse que o Brasil tem 50% da matriz limpa, enquanto o mundo ainda está na casa dos 15%. Mas afirmou que é plenamente possível incrementar ainda mais essa participação a partir da biomassa e citou etanol, diesel renovável, combustível de aviação sustentável (SAF), combustível sintético, e-metanol.

Agência Estado

Mais notícias